Dicas de look Novidades Tendências

As tendências da primavera/verão 2021

Com mudanças de caminhos guiadas pela pandemia, as tendências do próximo ano ainda são incertas, mas já temos nossas apostas!

A pandemia causou mudanças drásticas no mundo, principalmente quando falamos no universo fashion: tudo tornou-se muito incerto. As tendências primavera/verão 2021 se incluem neste pensamento, já que não sabemos quando a situação ficará melhor e seremos livres novamente para irmos e virmos para os lugares com nossos amados looks, expressando nossas personalidades através do estilo.

Reprodução/ Pinterest

O vírus foi um verdadeiro catalisador de iniciativas e de implementação de novos hábitos: marcas reduzindo o número de coleções por ano, como Gucci e Saint Laurent, incorporando métodos e matérias-primas sustentáveis, como Balmain e Gucci, explorando maiores possibilidades e sendo mais inclusivas ao aderir a tecnologia em suas apresentações, e buscando um real propósito para existir e passando a reformular criador e criatura, realmente entregando seu valor genuíno para o mundo. Uma das grandes apostas para os próximos tempos, com certeza será a sobrevivência apenas de marcas que forem inclusivas, responsáveis, conscientes e que respeitarem os três pilares básicos da sustentabilidade.

Além disso, com o ritmo mais lento que tivemos que passar a adquirir após a chegada avassaladora do Covid-19, as coisas tendem a ser mais locais: o manual e produtos originados de processos mais cuidadosos e menos massificados nos trarão a sensação de acolhimento e proximidade, dois adjetivos que consciente ou inconscientemente estarão em falta após longos meses (ou anos?) de isolamento social. Traduzindo para o mundo da moda: lojas pequenas e autorais, assim como brechós e todas as marcas que explorarem a economia circular ou upcycling ganharão bastante notoriedade, mas claro, sempre deixando seus propósitos, processos e valores de forma bem transparente, pois estaremos mais atentos a isso e os consumidores passarão a cobrar mais responsabilidade das empresas.

As tendências são o reflexo do comportamento de um grupo de pessoas

Antes de falarmos sobre as tendências primavera/verão 2021, sempre explicaremos todos os caminhos que foram trilhados para que algo torne-se desejo: ainda não temos respostas e tanta certeza sobre o que será ou não tendência nos próximos meses, pois assim como pensamos que alguns mercados sofreriam impacto negativo durante a pandemia, eles cresceram, na verdade, estão demonstrando um grande potencial de manterem-se em linha crescente, enquanto outros ou já fecharam ou estão prestes a tal fim.

Reprodução/ Pinterest

Dualidade de pensamentos

E finalmente falando sobre as roupas, calçados e acessórios, há uma grande dualidade acontecendo. Sempre vivemos entre pessoas que pensam de maneira diferente, mas em determinados períodos um pensamento em especial é adotado pela maioria e uma minoria representa o contramovimento, mas o que podemos observar, pelo menos na moda, é que há um número muito parecido entre pessoas que adotam visuais e hábitos minimalistas, com outras que mantêm uma espécie de pensamento positivo (distorcido ou não) de que tudo será normalizado em breve e continuam comprando da mesma forma, com os mesmos pensamentos, sem muitos questionamento acerca de assuntos que envolvem consciência, sustentabilidade e propósito.

Reprodução/ Pinterest

Muitas pessoas perderam e ainda irão perder seus empregos durante a pandemia, enquanto muitas estão optando pelos serviços informais que não garantem renda fixa, portanto, o ritmo desacelerado que algumas marcas optaram por seguir é um eco da situação.

Vamos às tendências primavera/verão 2021!

Para as próximas criações que se tornarão referência em roupas, calçados e acessórios, contando as cores e os materiais utilizados, com certeza o fato de muitas pessoas estarem trabalhando e vivendo mais casa do que em qualquer outro lugar influenciará o conforto, além dos sentimentos de otimismo e de escapismo, que refletirá em cores e materiais mais leves.

1. Acessórios e detalhes em blusas e camisas: informação de moda do “teclado para cima”

As redes sociais mudaram a nossa forma de viver, de consumir, de se comunicar e de se vestir. Enquanto muitas pessoas não estão nada preocupadas com as roupas que vestem, trabalhando em casa ou não, as plataformas de compartilhamento de fotos e vídeos nos despertam desejos através de looks do dia, dicas de estilo e vídeos curtos com truques de styling. Com muitas pessoas em casa, o desejo em se expressar acaba sendo externado nas redes, onde mostrar o rosto, os visuais ou o estilo que se é adepto faz parte de afirmar sua personalidade e autenticidade para o mundo – além da possibilidade de trabalhar como influencer ser a opção de muitos, principalmente aos mais jovens.

Reprodução/ Pinterest

Além disso, com o home office cada vez mais em alta, as videochamadas fazem parte do cotidiano de muita gente, e vestir-se de maneira confortável, porém estilosa, faz-se necessário.

Leia também: #emcasa: a moda home office.

  • Brincos, colares e acessórios de cabelo

Já podemos observar que o poder dos acessórios foi notado: com brincos maciços, correntes robustas e mix de comprimentos, materiais e cores, os itens potencializam o estilo de qualquer visual junto aos acessórios de cabelo como as presilhas, os scrunchies, as tiaras e os lenços.

As correntes merecem atenção especial, já que há um bom tempo elas vêm aparecendo nos looks em mix poderosos, mas, para quem já está à procura de novas maneiras de compôr os visuais, um modelo circular e mais rígido de colar apareceu figurando produções de algumas marcas, inclusive da Versace, que nunca abre mão do seu glamour, e investiu em pingentes e no acessório em dose dupla.

O último em especial tem tudo para ganhar nova roupagem durante o verão, reforçando o visual camponesa, usado como bandana, que já estamos vendo por aí, junto com cardigans inseridos em looks mais despojados com uma pitada de sensualidade despretensiosa.

Durante a primavera/verão 2021, os lenços com padronagens clássicas podem coordenar muito bem com os biquínis e maiôs (nem que seja para tomar sol no quintal ou varanda de casa).

Além disso, o styling da coleção “Epilogue” da Gucci nos mostrou que é possível coordenar look, lenço e óculos com a mesma padronagem ou cartela de cores. Tonalidades neutras para quem é mais básica ou clássica, e as mais exuberantes para quem não abre mão do maximalismo glamouroso.

  • Broches

Após anos no esquecimento, os broches aparecem arrematando – e enriquecendo – o styling de diversas marcas que apresentaram suas coleções da Primavera/Verão 2021, desde os modelos mais tradicionais, que parecem ter saído da caixa de jóias da vovó, ou os mais contemporâneos e criativos, com tamanhos e formas exuberantes, impossíveis de passarem despercebidos.

  • Cintos

Espere encontrar cintos clássicos, porém com fivelas imponentes e arrojadas, além dos modelos duplos, e com diferentes espessuras. A maneira de usar também pode ser inusitada: herança dos anos 2000 – e de Carrie Bradshaw – o cinto deslocado (usado fora dos passantes) é um poderoso truque de styling para quem curte composições bem modernas.

As correntes não ficam somente no pescoço: se você tiver interesse em ver as criações dos designers para a temporada de Primavera/Verão 2021, vai reparar que os cintos de correntes deram um up no styling das composições, e eles são facilmente “inseríveis” em nossos looks do dia a dia – e até mesmo do trabalho e de festa!

  • Camisas e blusas bem trabalhadas

Volumes inflados em peças de algodão, nervuras, franzidos, babados e pregas foram apostas confirmadas no inverno 2020, e a tendência será mantida para as próximas estações, porém com nova roupagem, em tecidos mais leves e frescos como a laise, o algodão e o linho.

  • A vez da gola redonda
Reprodução/ Pinterest

Também conhecida como gola bebê, a gola arredondada em tamanho maxi ganha o protagonismo em peças clássicas, voltando às suas origens, pois é um elemento de estilo da Chanel há muitos anos, mas também tem vez em roupas mais descoladas e modernas, e quem reacendeu o desejo de usar o detalhe em tempos de Instagram foi a marca Ganni.

2. Shapes e modelagens

Estamos experimentando uma nova maneira de pensar em diversos aspectos, principalmente em relação à moda: já que é em casa que ficamos na maior parte do tempo, devemos nos vestir da maneira mais confortável e estilosa que encontrarmos, seja para nos sentirmos bem com a imagem refletida no espelho, ou para tornar os dias de trabalho mais produtivos.

Reprodução/ Pinterest

Shapes mais amplos e soltos serão os preferidos, mas o toque mais estruturado e refinado de algumas peças dão a sensação de quem dedicamos uma atenção maior ao visual, como as modelagens de alfaiataria, por exemplo, que dependendo da roupa, traz aquele tão desejado aspecto “easy chic”.

  • Alfaiataria

Numa pegada Wall Street durante os anos 1980, a alfaiataria se tornará ainda mais comum nos looks do dia a dia, inclusive durante a temporada de primavera/verão 2021. Ombreiras, cintos e peças mais estruturadas, mas ainda assim confortáveis irão habitar seu closet com ainda mais frequência!

O empoderamento feminino é um assunto em questão, e nada mais justo que as roupas que usamos refletirem a nossa luta de todos os dias, ainda mais em tempos onde precisamos deixar claro o lado que estamos.

Além disso, temos também a alfaiataria desconstruída que conta com assimetrias, recortes inusitados, botões e aviamentos exagerados, porém sem contrastar com a vibe “dolce far niente” da nova proposta aderida por muitas marcas e claramente vista na coleção “L’amour” da Jacquemus de Simon Porte.

  • Bermuda de alfaiataria

Parece que a alfaiataria será a mais nova substituta do jeans, e nós explicamos: não é todo mundo que se sente confortável com o aspecto pesado e toque mais rígido do denim, portanto, as peças mais elegantes serão uma das grandes tendências de moda primavera/verão 2021. Com tecidos maleáveis e uma modelagem confortável e elegante ao mesmo tempo, as bermudas têm uma estética vintage que também pode nos remeter a um clima de escapismo e lembranças de uma era “segura”.

Nos visuais, as possibilidades são infinitas: você pode seguir o mood elegante com camisas de aspecto mais elegante, trabalhadas com nervuras ou em tecidos fluidos característicos do verão, ou optar por fazer um hi-lo com t-shirts básicas de malha em cores lisas ou com estampas de bandas, filmes, etc., e incrementar com acessórios chunky, trazendo ainda mais informação de moda ao composé.

  • Cinturas super altas + cropped
Reprodução/ Pinterest

Jacquemus também nos mostrou o poder – e o frescor – da equação que envolve calças de cintura super alta, com amarrações e cós tipo clochard combinadas a croppeds que na verdade são camisas clássicas desconstruídas, seja pelo comprimento, pelas assimetrias ou pelos recortes e amarrações inusitadas, seguindo a mesma linha dos cardigans com nuance sensual, onde o contorno dos seios ficam à mostra.

Claro que no dia a dia a peça não funciona, mas o recado foi dado: croppeds bem curtos que pedem por calças com uma poderosa cintura alta.

Leia também: Tendências de inverno 2020: acessórios chunky.

  • Utilitarismo

Aguarde uma temporada com muitas opções de calças, bermudas, shorts e saias com muitos bolsos e peças curingas e funcionais de aspecto mais pesado, que lembram uniformes de operários ou militares, porém em cores mais suaves, resultando em um contraste entre força e suavidade, características tão importantes nos tempos em que vivemos.

O utilitarismo também inclui peças de tino esportivo e extremamente confortáveis. A onda athleisure se inspira no conforto dos trajes esportivos e traz a nuance para os visuais mais modernos. Na Prada, podemos ver claramente a inspiração nos visuais das jogadoras de tênis.

A Prada nos mostrou o utilitarismo imperando na apresentação “The show that never happened”, com peças de caimento rígido e com uma postura mais austera, fortalecida pela cartela de cores com tonalidades sóbrias e neutras, indo mais para as nuances escuras. As peças contam com poucos detalhes, e o minimalismo dá a vez para que os olhares voltem à precisão do design.

  • Loungewear

Camisolas, conjuntos de pijama, shorts de tecidos fluidos e maleáveis e camisas molinhas: é hora de reinventar as famigeradas “roupas de ficar em casa”. Durante o inverno estamos aproveitando os conjuntos de pijama de cetim em visuais cheios de estilo, e durante as tendências primavera/verão 2021 não faremos diferente! Visuais minimalistas e mais comuns, confortáveis e estilosos estão no topo das apostas para os dias mais quentes!

Combine seu slip dress com acessórios como lenços ou presilhas e misture a austeridade dos tecidos acetinados característicos da peça com complementos mais naturais com acabamentos em juta, palha ou ráfia. Aquele shortinho mais jeitoso do pijama também pode render bons looks despretensiosos com camisas de viscose com babados ou blusas fluidas com alças finas.

Leia também: Como transformar as roupas de ficar em casa em looks superestilosos.

  • Oversized

Se durante o inverno sobreposições, blusas, camisas e até mesmo calças com modelagens amplas conquistaram seu coração, fique tranquila, pois com o mood comfy influenciado pelo home office cheio de estilo, as peças oversized aparecerão com frequência nas tendências de moda primavera/verão 2021!

É possível apostar no shape com roupas tão despretensiosas quanto, inserindo até mesmo itens que deixem o visual com uma nuance sensual, como um sutiã de renda, ou em composições mais formais com uma bermuda de alfaiataria, por exemplo.

  • Volumes inflados

Se você acompanhou nossa matéria sobre as principais tendências do outono/inverno 2020, percebeu que muitas das tendências lá descritas se manterão firmes e fortes na temporada de primavera/verão 2021.

Inclusive os volumes inflados, como as mangas bufantes, que cada vez mais, conquistam lugar cativo no closet feminino, além das formas mais robustas de laços e barras, que também nos deixam a entender que o balonê pode voltar. Uma estética neo vitoriana pode dominar os looks de verão de quem não abre mão de certa exuberância.

  • Calça jeans à la Jane Birkin
Reprodução/ Pinterest

Com claras referências à década de 1970, a coleção “Epilogue” da Gucci apresentou styling e peças que nos levam à época do flower power, enquanto outras marcas também apostaram em um jeans bem comfy para o dia a dia, com modelagem reta, nem tão justa e nem tão ampla, trazendo um toque de sensualidade quando combinada com croppeds e outras partes de cima que exalam a leveza dos dias mais quentes, ainda mais quando combinada com lavagens mais claras. Busque as fotos da musa do estilo francês e inspire-se no mood que tem todos os pré-requisitos da época para ter um comeback triunfal.

3. Cores, estampas e suas referências

Acompanhando um mood esperançoso, positivo, alegre e acolhedor, as cores que serão tendência primavera/verão 2021 acompanham uma cartela mais suave e também alegre, além disso, a valorização da natureza ao mesmo tempo em que nos conectamos cada dia mais com as ferramentas tecnológicas, nos mostrará cores que vão desde as orgânicas e naturais até as artificialmente aprimoradas.

Reprodução/ Pinterest

Percebemos que as paletas e padronagens acompanharão as dualidades: de quem se mantém otimista e alegre e de quem enfrenta a realidade com as referências à tecnologia e à necessidade de olhar para dentro e valorizar ainda mais os ciclos da natureza. Observaremos a união de introspecção e extroversão de maneira interessante e diversa.

  • Cores

Tons naturais como verde em diversas intensidades, todas as variações de bege e marrom, off-white, mostarda, vermelho e laranja queimados, menos saturados. Para remeter à tecnologia, temos as cores pastel como rosa, azul, verde e lilás, além de designs arrojados e assimétricos nas modelagens, mescladas à cartela.

Cores mais fortes e vívidas como roxo, fúcsia, amarelo, verde, vermelho e laranjas mais intensos representarão a alegria e o otimismo, enquanto verde militar e tons terrosos, principalmente o cáqui, aparecerá de forma suave em peças utilitárias.

Looks all white também prometem ser uma das grandes tendências primavera/verão 2021, já que a cor remete à limpeza e pureza.

Junto aos tons terrosos e mais sóbrios, aparece um toque de delicadeza e refugo da pandemia com o lavanda, que traz leveza e serenidade, e dá aquele toque contemporâneo em qualquer produção. Além disso, o verde em todas as tonalidades mantém-se firme e forte entre as tendências Primavera/Verão 2021, junto com variações de lilás e rosa.

O color blocking – uma das características mais marcantes da era Alessandro Michele na Gucci – também é aposta certeira para as produções da estação mais quente do ano.

  • Estampas

O tom “pacífico” do tie-dye pode perdurar na próxima estação, aparecendo cada vez mais em padronagens diferentes e renovadas, e para os dias mais quentes, podemos esperar pela técnica de forma mais suave tanto nos motivos quanto na coordenação de cores. O listrado preenchido com o degradê é uma das grandes apostas.

O xadrez vichy, a padronagem liberty, margaridas delicadas, florais vintage e artísticos além dos polka dots divertidos trarão mais alegria aos looks da moda primavera/verão 2021, enquanto os temas relacionados ao universo místico ganhará força, devido à procura por astrologia e estudos que envolvem a magia do universo por pessoas que estão se redescobrindo e também para aquelas que depositam confiança em tais crenças, ainda mais no momento em que estamos vivendo, sugerindo o clima de escapismo.

As listras também terão vez entre os destaques fashionistas da estação, com referências ao estilo preppy e inspiração esportiva com apelo vintage.

4. Tendências de tecido primavera/verão 2021

As tramas naturais de linho e algodão são clássicas para as altas temperaturas, já que elas permitem a respiração da pele e garantem mais frescor aos visuais do dia a dia. A viscose, que é um tecido artificial também reina nas tendências primavera/verão 2021 com sua fluidez em vestidos, camisas e saias super femininas.

Reprodução/ Pinterest

Mas, a elegância dos tecidos acetinados não ficarão apenas no inverno, eles virão para os visuais de verão em modelagens com ombros em evidência ou em peças mais fluidas com um tom despretensiosamente sensual.

A laise aparece de maneira menos despretensiosa, ainda remetendo à leveza, alegria e frescor do verão, mas meio à alfaiataria desconstruída.

5. Texturas e superfícies

As texturas naturalistas como o tricô, crochê e tramas em ráfia, juta ou palha podem aparecer com bastante frequência em calçados, bolsas e acessórios em geral, além de sobreposições que darão o arremate final aos visuais com muito estilo e personalidade, ainda mais contando que o simples e comum serão ainda mais exaltados. E se engana quem pensa que o handmade aparece somente em visuais despretensiosos: ele foi elevado a outro patamar e se junta à alfaiataria, ao minimalismo e a tecidos mais nobres.

Reprodução/ Pinterest

O tricô ultrapassa as barreiras da estação e perdura nos dias mais quentes da Primavera/Verão 2021 também! Como memória dos cardigans, suéteres e pullovers que não tiramos do corpo durante os dias mais frios, a textura com ar vintage domina peças com pegada esportiva como as bermudas biker e croppeds bem justinhos, sendo bem pertinente à estética loungewear da quarentena.

Novos pensamentos e posicionamentos

Como comentamos no início da matéria, estaremos muito mais atentos aos processos e aos conceitos das marcas, sejam elas pequenas e regionais ou grandes e renomadas. Segundo a WGSN, quatro sentimentos construirão a nova percepção dos consumidores: medo, resiliência, resistência e otimismo.

Reprodução/ Pinterest

Passaremos ainda por grandes transformações que são completamente imprevisíveis, mas tudo o que já conseguimos perceber é que já estamos cansados de mais do mesmo: queremos inovações com propósito e diversidade. Um bom exemplo deste pensamento é realmente uma mudança de mindset em relação aos corpos: o termo “plus size”, por exemplo, está cada vez mais perdendo força e dando lugar a algo que não deve ser visto como diferente ou especial – mas sim como normal, que é o que realmente é. Corpos, belezas e preferências que até então eram considerados tabus ou inapropriadas e fora do contorno do que é bom ou ruim, feio ou bonito, perderão cada vez mais essa definição e serão finalmente aceitos como parte da beleza que celebra a autenticidade de cada um.

Encontre o que procura no Paraíso Feminino

Se quer aderir à alguma tendência primavera/verão 2021 conte com nosso buscador para encontrar as melhores opções da internet. Compare preços, marcas e lojas em poucos cliques.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *